Notícias

Justiça determina penhora de ônibus do grupo Baltazar

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou a penhora de ônibus das empresas do empresário Baltazar José de Sousa. As informações são do site Diário do Transporte.

A EMTU também foi notificada e a decisão envolve a EAOSA – Empresa de Ônibus Santo André, Viação Ribeirão Pires, Viação São Camilo e Viação Riacho Grande.

De acordo com o jornalista Adamo Bazani, o valor da penhora é de R$ 518 mil e inclui os créditos de passagens pagas pelos passageiros com o Cartão BOM.

A decisão do TJ-SP se refere a um processo de acidente de trânsito com vítimas, ocorrido em 2008, envolvendo a Viação Imigrantes.