Notícias

Ministério Público apura denúncias no gabinete do vereador Rautenberg

O vereador de Santo André, Roberto Rautenberg, está sendo acusado de possíveis irregularidades dentro do gabinete, surgidas, principalmente, no primeiro mandato do candidato na Câmara. O Ministério Público investiga possíveis funcionários fantasmas e nepotismo.

A denúncia foi feita anonimamente e cita o nome de Simony Demétrio, namorada do candidato na época. Entre as acusações, o texto relata que Simony e outra funcionária trabalhavam todos os dias como assessoras parlamentares e em uma das academias do vereador. O texto ainda cita Gustavo Palmieri, chefe de gabinete, e Arthur Martins, assessor parlamentar e proprietário da gráfica  que prestou serviços a candidatura de Rautenberg.

Todos foram indiciados a prestar depoimentos no Ministério Público, já que ações e denúncias podem ser realizadas depois de até cinco anos do término do mandato. O vereador foi reeleito com 7863 votos no ano passado, sendo o mais lembrado das urnas da cidade. Se o caso de funcionários fantasmas for confirmado, o vereador pode ter seu cargo cassado.


Comente!