Notícias

Prefeitura de Santo André não vai homologar privatização da água e esgoto para Odebrecht

A Prefeitura de Santo André vai rejeitar o processo de privatização da água e esgoto no município para a Odebrecht Ambiental. Tal compromisso foi firmado na administração anterior, de Carlos Grana. Grana fez o acordo nos últimos meses de seu governo, em 2016, mas não chegou a homologá-lo.

O atual Prefeito questiona os termos da parceria. Entre diversos motivos está o fato de a PPP não prever nenhum aporte significativo da Odebrecht no sistema no primeiro ano de validade, como é usual nesse tipo de parceria. Outro problema foi o modo como a PPP foi feita, no fim da gestão de Carlos Grana, sem a participação do governo de transição e o conhecimento da população.

Por fim, a nova gestão do município avalia que o contrato traria ônus para o consumidor de Santo André, que teria de aumentar as tarifas de água e esgoto para fazer os repasses para a Odebrecht Ambiental.


Comente!