Notícias

Funcionários da Zoonoses e Vigilância Sanitária de Santo André continuam em greve

Os funcionários da Zoonoses e Vigilância Sanitária de Santo André decidiram nesta terça-feira, 24, em assembleia, manter a greve, que ocorre desde a última terça, 17, em razão dos salários atrasados do mês de dezembro que deveriam ter sido pagos no último dia 6 pela empresa terceirizada Isama (Instituto de Saúde e Meio Ambiente).

O presidente do SindSaúde, Almir Rogério da Silva, o Mizito, tinha recebido a informação de que nesta segunda, 23, os salários começaram a ser realizados, no entanto, nem todos os trabalhadores receberam ainda e a greve segue até que o salário dos mais de 100 funcionários seja regularizado.

A Isama iniciou os pagamentos após uma reunião, realizada na última sexta, 20, entre a Prefeitura e SindaSaúde provar que o instituto tinha recurso em caixa para fazer o depósito do salários dos trabalhadores. Mesmo com os salários sendo pagos, Mizito afirma que o sindicato está disposto a pedir uma investigação junto ao Ministério Público sobre o instituto.