Notícias

SUS começa a aplicar vacina contra HPV em meninos

Meninos de 12 a 13 anos já podem ser vacinados contra o HPV pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nos postos de vacinação de todo o País. Até o ano passado, esta imunização era feita somente em meninas. A faixa etária será ampliada até 2020. Até lá, serão incluídos, gradativamente, os meninos com 9 anos até 13 anos.

O objetivo é imunizar mais de 3,6 milhões de meninos em 2017, além de 99,5 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos vivendo com HIV/AIDS, que também passarão a receber as doses, a estimativa é para todo o País.

O procedimento da vacina para os meninos contra HPV é de duas doses, com seis meses de intervalo. Para os portadores HIV, a faixa etária é mais ampla, de 9 a 26 anos, e o procedimento da vacina é de três doses com intervalo de 0, 2 e 6 meses. Os portadores de HIV devem apresentar prescrição médica.

A vacinação para o sexo masculino está de acordo com as recomendações das Sociedades Brasileiras de Pediatria, Imunologia, Obstetrícia e Ginecologia, além de DST/AIDS e tem como objetivo proteger contra os cânceres de pênis, garganta e ânus, doenças que estão diretamente relacionadas ao HPV.

Confira como será a aplicação de vacinas para meninos por ano: 2017 – meninos de 12 e 13 anos; 2018 – meninos de 11 e 12 anos; 2019 – meninos de 10 e 11 anos e 2020 – meninos de 9 e 10 anos.

Outro fato é a inclusão das meninas que completaram os 14 anos sem tomar a vacina ou que não completaram as duas doses indicadas. Até o ano passado, a faixa etária para o público feminino tomar a vacina era de 9 a 13 anos.


Compartilhe!