Notícias

Mulher que recebeu coração de Eloá morre vítima da Covid-19

Os pais da estudante Eloá Cristina da Silva Pimentel, morta a tiros pelo ex-namorado durante sequestro Santo André, lamentaram a morte de Maria Augusta da Silva dos Anjos.

A vendedora de 51 anos, que havia recebido o coração de Eloá após o crime ocorrido em 2008, faleceu na segunda-feira (3) em decorrência de complicações da Covid-19.

Maria Augusta estava internada em um hospital particular de Parauapebas, no Pará. Ela era casada e não tinha filhos.

“Eu não esperava essa notícia. Eu estava torcendo para Augusta se recuperar. Para mim foi muito triste. Minha família, meus filhos estão tristes. Até porque amanhã [5 de maio] minha filha Eloá faria 28 anos se estivesse viva.”, disse ao G1 a autônoma Ana Cristina Pimentel, de 54 anos, mãe de Eloá.

Além do coração, foram doados os rins, pâncreas, pulmões, fígado e as córneas da estudante. Lindemberg foi condenado em 2012 há 90 anos de prisão, pena que depois foi reduzida para 39 anos.


Compartilhe!