Notícias

Santo André é alvo da Globo novamente

A equipe de reportagem do telejornal SPTV veio até Santo André para verificar e questionar sobre o já conhecido problema “falta d’água”.

Moradores relatam que todos os dias, pela manhã, a primeira coisa a se fazer é abrir as torneiras com água da rua para ver se tem água em casa. Dizem que é um problema antigo, e que pelo visto, está longe de ser resolvido.

A reclamação maior vem dos bairros mais altos da cidade, como o jardim das Maravilhas, nesse bairro os moradores dizem que há dias certos na semana para ficarem sem água e que esse problema já se tornou rotina para eles.

Um dos moradores diz que começa na sexta-feira a noite, quando abre a torneira no fim do dia e já percebe a água fraca, aí é certeza que passará o fim de semana às secas, e somente na segunda-feira pela madrugada as torneiras voltam ao normal. Para quem trabalha todos os dias e só tem os finais de semana para cuidar da limpeza da casa e da roupa, é um sofrimento e tanto.

Outra moradora ainda reclama das contas que tem recebido, antigamente pagava um valor de R$ 60,00 por mês, agora, mesmo com a falta frequente, o valor da conta chega aos R$ 160,00 mensais, ou seja, água não tem, mas a conta não para de subir.

Santo André é uma das poucas cidades da região metropolitana de São Paulo que administra o abastecimento de água e a coleta de esgoto. A Prefeitura, que compra água da Sabesp e distribui aos bairros, reclama que a companhia diminuiu o fornecimento, por isso a falta constante. Em resposta, a Sabesp diz que fornece água suficiente para abastecer toda a cidade e ainda afirma que a Prefeitura tem uma dívida bilionária com a companhia.

Para quem passa pelo problema essas informações não importam, ele só quer ter água em sua casa e receber pelo que paga. Vinicius, morador da cidade, gravou um vídeo de sua mulher e mandou para a Globo, na gravação ela reclama que há dias não tem água para lavar louça, roupa e nem para tomar banho.

A família guarda baldes com água para usos emergenciais e criaram o hábito de dar banho no filho às 23h, assim, no dia seguinte, ele já está pronto para ir para a escola, ou seja, a criança só pode tomar banho uma vez por dia.

O telejornal foi atrás dos candidatos à prefeito de Santo André, afinal, as eleições do 2º turno acontecem no próximo domingo, 30. Paulo Serra (PSDB) diz que pretende resolver o problema da falta de água trabalhando em três frentes: a primeira é a criação de uma comissão de técnicos do SEMASA para equalizar a dívida e equalizar a operação de fornecimento de água. A segunda é retomar o investimento na rede de distribuição que é muito antiga e desperdiça muita água e, por fim, vai tirar do papel a estação de tratamento de água.

Já o candidato e atual prefeito Carlos Grana (PT) diz que o problema da água em Santo André tem um caminho e uma solução muito importante, esse caminho é a construção da nova estação de tratamento de água que será feita na região do Parque do Pedroso captando água da represa Billings, ele afirma que essa estação vai garantir maior autonomia e ampliar em 25% a condição de água da cidade. Enquanto isso, os moradores continuam levando suas vidas com esse grave problema.

Para ver o vídeo na íntegra, clique aqui.

Compartilhe!