Notícias

Sindicato e bancos não entram em acordo; greve continua, no mínimo, até quinta-feira

Na tarde desta terça-feira, representantes dos bancos e dos trabalhadores se reuniram para a discussão em torno das propostas de reajustes de salários.

A greve do setor que já dura oito dias, ainda não tem prazo para acabar.

De acordo com o sindicato da categoria, a proposta apresentada pelos bancos não foi satisfatória uma nova reunião foi agendada para quinta-feira, dia 15 de setembro.

Cerca de 39 mil trabalhadores paralisaram as atividades, principalmente em agências. No Brasil, mais de 12 mil unidades aderiram à mobilização.

Compartilhe!