Notícias

Prometido para dezembro deste ano, Hospital da Vila Luzita é adiado mais uma vez

O Hospital Vila Luzita, prometido para dezembro deste ano, e adiado para o primeiro semestre de 2017, teve sua data prevista para conclusão alterada novamente. Agora, o prazo é para 2018.

O prédio do hospital foi erguido em 2011, ainda na gestão do prefeito Aidan Ravin (PSB) e seu projeto foi orçado em R$ 7,5 milhões, sendo R$ 6,9 do Ministério da Saúde e R$ 600 mil do município. Essa verba ainda não foi liberada. O prédio, que já foi erguido com um investimento de R$ 3,5 milhões, hoje é usado como estacionamento para funcionários do PA (Pronto Atendimento) Vila Luzita e foi totalmente danificado com pichações e vandalismo.

Outro motivo da paralisação, é porque ainda não foi decidido qual empresa executará a obra e, segundo o prefeito eleito, Paulo Serra (PSDB), o espaço está comprometido e inapropriado. A Caixa Econômica Federal, por meio do Ministério da Saúde, investiu em março deste ano R$ 50 mil para que as obras fossem retomadas, mas a licitação para selecionar qual empresa dará andamento na reforma ainda não foi feita e a entrega do hospital segue adiada.

O projeto teve início na gestão do prefeito Aidan Ravin, conforme já dito, e após a eleição de Carlos Grana (PT), os serviços foram interrompidos. Em 2013, a Prefeitura alegou a pausa nas obras em razão da falta de recursos financeiros.

A Prefeitura de Santo André informa que o processo de licitação segue o rito legal para contratação da empresa que continuará a obra. Até o momento sete empresas se apresentaram e os serviços deverão começar logo após homologação da licitação e assinatura da ordem de serviço. A partir do início, a obra terá 270 dias para conclusão. O hospital será destinado para casos de pacientes crônicos, com leitos de longa permanência.

Compartilhe!