Notícias

CHM de Santo André cancela cirurgias não emergenciais

Um comunicado que circula nas dependências do CHM (Centro Hospitalar Municipal) de Santo André, informa que estão suspensas as cirurgias eletivas (procedimentos que são programados e não considerados de urgência). Os pacientes que já tem cirurgia agendada terão de aguardar por tempo indeterminado para realizarem o procedimento.

Foi justificado pela Secretaria Municipal de Saúde que tal medida foi necessária devido ao aumento acima da média de casos de urgência e emergência nas últimas semanas no CHM. Na segunda-feira, 7, o hospital realizou oito cirurgias emergenciais e seis até as 16h de ontem, terça-feira, 8.

Além da suspensão das cirurgias eletivas, consta no comunicado que também estão suspensas as internações clínicas vindas de UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e PAs (Pronto Atendimentos). O documento informa ainda que serão fechados quatro leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Adulto, seis leitos de enfermaria cirúrgica e seis leitos de enfermaria de clínica médica.

Segundo a Secretaria de Saúde, o termo “fechar”, no jargão médico, não significa desativar, mas sim reservar, prioritariamente, para os casos de urgência e emergência.

A priorização se manterá até que o nível de cirurgias seja normalizado.

Compartilhe!