Variedades

Saiba quais produtos geram mais créditos na Nota Fiscal Paulista

Com o pagamento mensal dos créditos da Nota Fiscal Paulista, deve aumentar o interesse do consumidor em pedir o cupom com o CPF no final das compras.

As regras de retorno do benefício mudaram há alguns meses. Calçados e restaurantes já não são mais os produtos que oferecem maior retorno.

Bebidas em álcool também não disponibilizam muita recompensa. Segundo a Secretaria da Fazenda de SP, isso está relacionado com o regime tributário que incide sobre elas.

Vale lembrar que é mito a história de que a compra de um produto que não gera crédito invalida a pontuação dos demais no mesmo cupom fiscal.

Onde receber mais créditos?
Atualmente, os estabelecimentos que geram mais créditos são as bancas de jornal, açougues, peixarias e livrarias (veja abaixo).

Na outra ponta, sem geração alguma de retorno financeiro, estão as lojas de fogos de artifício, armas, munições e tabacarias.

Para acompanhar os créditos acumulados e fazer doações a instituições beneficentes, o caminho é baixar o aplicativo da NF Paulista.

Ranking da devolução de créditos
30% do ICMS: livros, jornais, revistas, açougues, peixarias;

20% do ICMS: antiguidades, recarga de cartuchos, comércio varejista de produtos homeopáticos, venda de motos novas, discos, CDs, DVDs e fitas, gás de cozinha, relojoarias, objetos de arte, instrumentos musicais, indústria da construção, areia, telhas, itens fotográficos, equipamentos de telefonia;

10% do ICMS: restaurantes, lanchonetes, bebidas, bares, padarias, confeitarias, hortifrútis, laticínios, frios e alimentação em geral;

5% do ICMS: vestuário, acessórios, perfumaria, cosméticos, artigos esportivos, materiais elétricos, ferramentas, papelaria, móveis, bicicletas, automóveis.