Notícias

Sabesp admite negociar com Mauá e Santo André

As dívidas bilionárias de Santo André e Mauá com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) poderão ser negociadas a partir da próxima semana. O Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André) deve cerca de R$ 1,7 bilhão a Sabesp, já a Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá) deve R$ 2 bilhões.

No mês passado, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) arquivou o inquérito movido pelo Semasa relacionado a cobrança do débito. Os valores decorrem do pagamento menor da fatura cobrada pela Sabesp e uma quebra de contrato na década de 90.

A direção da Sabesp irá realizar uma reunião na próxima semana com os prefeitos de Santo André, Paulo Serra, e de Mauá, Atila Jacomussi, para abrir as discussões sobre o débito.


Comente!