Notícias

Funcionários da CPTM ameaçam entrar em greve

Na noite dessa terça-feira, 18, funcionários da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, decidiram que podem entrar em greve no dia 1º de agosto. Na assembleia, os funcionários apresentaram os motivos para a greve: a possível redução salarial de 3,51% nas folhas de pagamento.

No dia 31 de julho a categoria deve realizar outra assembleia para decidir se paralisam ou não. Se realmente houver paralisação, todas as seis linhas da CPTM devem ser afetadas.

Em resposta, a CPTM afirma que apenas está cumprindo a decisão do TST (Tribunal Superior do Trabalho) em aplicar a redução da tabela salarial, sob pena de crime de responsabilidade.

Os metroviários também podem realizar manifestações e paralisações devido a outros acordos não cumpridos por parte do Metrô.


Comente!