Notícias

Servidores de Santo André reclamam de marmitas azedas e falta de reajuste salarial

De acordo com os funcionários, além da comida chegar azeda por conta de atraso na entrega, o alimento também está sendo conduzido em caixas de isopor sujas e com pontos de bolor.

A partir desse problema, representantes de diversas categorias de servidores e alguns seguimentos da prefeitura formaram a Comissão de Negociação de Servidores do Sindserv, que pedem a substituição das famosas “marmitex” por vale refeição no valor de R$ 30. Vale lembrar que no dia 17 de maio, já havíamos publicado sobre o problema, relembre.

O superintendente da Craisa, Reinaldo Messias, afirmou que irá buscar a melhoria da qualidade das refeições oferecidas. A administração disse ainda que a implantação do vale refeição não está previsto devido ao alto custo.

Outra reivindicação é o reajuste salarial, que terminou sem avanços na primeira rodada de negociação com a Comissão de Negociação do Sindserv.


Comente!