Notícias

Após diagnóstico errado, paciente sofre para ser atendida no Santa Helena, em Santo André

De acordo com reportagem publicada pelo jornal Repórter Diário, nesta quinta-feira (21/06), a aposentada Sílvia Sidenei Fontana foi diagnosticada pelo Santa Helena com C418, neoplastia maligna dos ossos e cartilagens articulares, no mês de maio, e na sequência encaminhada para casa.

Sem acreditar no resultado, a família buscou atendimento no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, gastando mais de R$ 50 mil para ter em mãos o diagnóstico correto. Os novos exames detectaram um câncer primário nos ovários com metástase no peritônio e fígado, além de ascite, um acúmulo de líquidos de forma anormal dentro da cavidade peritoneal.

Mesmo com o relatório obtido no Sírio Libanês, acompanhado do pedido de internação, e apesar de pagar por uma acomodação melhor, Silvia não conseguiu um leito no Santa Helena, ficando provisoriamente em uma maca. A família então resolveu acionar a Polícia Militar, o que acabou por pressionar o hospital a colocar a paciente em um leito do tipo apartamento.

Por meio de nota encaminhada ao Repórter Diário, o Hospital Santa Helena apenas informou que a paciente já estava sob os cuidados da equipe clínica.


Comente!