Notícias

Fundação do ABC inicia demissões de parentes de diretor jurídico

A FUABC (Fundação do ABC) iniciou o processo de demissão de parentes do diretor jurídico da entidade, Sandro Tavares, e do médico diretor do Ambulatório Médico de Especialidades de Santo André, Gilberto Palma.

A alegação é de reestruturação interna e de redução de custos com a folha de pagamento. As demissões começaram a acontecer depois de especulações com super salários destinados aos familiares de lideres da instituição.

Estima-se que cinco integrantes da família recebiam salários entre R$ 5.472,22 e R$ 18.556,37. Juntas, essas pessoas ganhavam R$ 58.817,30 por mês.

Alguns contracheques eram superiores aos de prefeitos e governadores. A instituição chegou a ter 22.424 servidores de forma simultânea.


Comente!