Notícias

Empresários de Santo André se mobilizam contra lei de fechamento de bares

A limitação do horário de funcionamento dos estabelecimentos para às 22 horas preocupa os empresários em Santo André. O Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação do Grande ABC (SEHAL) criou uma comissão para recorrer da decisão junto à Prefeitura.

A Lei 9924/2016 foi alterada e sancionada no final do ano passado, sem a participação dos representantes do setor, e restringe para até às 22 horas o funcionamento de restaurantes, bares, casas noturnas, com ou sem música ao vivo.

De acordo com Roberto Moreira, presidente do SEHAL, os consumidores vão procurar os serviços que precisam nas cidades vizinhas consumindo menos em Santo André. Além disso a falta de um turno causará aumento no desemprego e menor arrecadação municipal.


Comente!