Notícias

Justiça decide demolir casas em área de proteção de Santo André

Notificações judiciais foram entregues aos moradores do Recreio da Borda do Campo, em Santo André, com aviso de demolição de alguns imóveis. Pelo menos 17 famílias possuem casas erguidas de forma irregular em área de proteção ambiental. A derrubada das residências deve ocorrer até o dia 9 de junho.

O bairro foi formado em 1950, a partir do desmembramento de lotes da antiga fazenda do local. Cerca de 11.500 famílias vivem no local, contudo a legislação permite que apenas 30% da área tenha construções. Em alguns lotes há casos de sete casas construídas no mesmo terreno, a maioria sem escritura.

A decisão judicial ainda prevê que os moradores recomponham o relevo do terreno, removam o entulho gerado pela demolição, e eliminem os processos erosivos da vegetação.


Comente!