Notícias

Prefeitura de Santo André planeja novo modelo para o Semasa

O prefeito de Santo André pretende fazer uma reestruturação na gestão do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), alegando ser preciso uma modificação. Segundo ele, a atual estrutura não é economicamente viável, visto que já há uma dívida com a Sabesp de R$ 3,4 bilhões.

O objetivo é ajudar o município a ter mais recursos.

Está sendo considerada a possibilidade de fazer do Semasa uma empresa pública ou, ainda, terceirizar a construção do ETA (Estação de Tratamento de Água), projeto sugerido pelo ex-prefeito Carlos Grana (PT).

Em contrapartida, todos os outros municípios da região do Grande ABC transferiram para a Sabesp a autonomia sobre os serviços de tratamento de água e esgoto.


Comente!