Notícias

Secretaria da Saúde de Santo André confirma morte de professora por febre amarela

A Prefeitura de Santo André, por meio da secretaria de Saúde, confirmou que a professora e moradora da Vila Luzita morreu em razão da febre amarela.

A jovem de 28 anos, internada no Hospital e Maternidade Brasil desde 10 de fevereiro, morreu nesta quinta-feira.

Segundo a Prefeitura, o processo de nebulização será realizado nas redondezas da residência da professora conforme orientação da Superintendência de Controle de Endemias.

Apesar do procedimento, a administração municipal que a educadora contraiu a doença após viajar para Minas Gerais.

A Prefeitura alerta que somente pessoas que vão viajar para locais de risco devem se vacinar. O atendimento à população é realizado segunda e quinta nos postos de saúde do Centro, Uting e Vila Luzita.


Comente!